miguel pinto
Braga Destaque Região

Braga. Antigo vereador do CDS nega ter falsificado documentos

Miguel Brito, antigo vereador da Câmara de Braga, e antigo presidente da Comissão Política do CDS de Braga, negou ontem em Tribunal que tenha falsificado qualquer documento, no caso do negócio imobiliário onde o antigo vereador é acusado de ter recebido indevidamente 48 mil euros com o negócio.

A acusação contra o antigo vereador parte de três empresários que fizeram negócio e que o acusam de ter “desviado” quase metade do dinheiro envolvido no negócio. Os empresários dizem que foi em dinheiro “vivo” que Miguel Brito recebeu os pagamentos.

Miguel Brito negou em tribunal e diz que esse dinheiro não está na sua posse, tendo servido para pagamento de custas e comissões para o negócio ser feito. “Estou de consciência tranquila e a verdade será provada”, disse o antigo vereador centrista.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade