incendio1
Destaque País

Alerta. Governo volta a proibir queimadas até 23 de novembro

O Governo prolongou novamente esta sexta-feira, até 23 de novembro, o período crítico de incêndios, que prevê a proibição de lançar foguetes e fazer queimadas e fogueiras nos espaços florestais devido às condições meteorológicas.

“Após nova avaliação das condições meteorológicas, o Governo voltou a prorrogar o período crítico de incêndio, tendo em conta a provável ausência de precipitação significativa”, refere uma nota publicada no portal do Governo, que cita um despacho do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas. O despacho, que foi publicado em Diário da República, adianta que se trata de uma circunstância que “promove a manutenção dos índices de perigo de incêndio em valores superiores aos típicos para a presente altura do ano”.

Também o Ministério da Administração Interna emitiu comunicado “na sequência da informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para as próximas 72 horas”, onde “alerta para a necessidade de os comportamentos individuais serem adequados ao risco de incêndio”.

“Tendo em conta o tempo seco e a subida de temperatura para valores acima da média para esta época do ano, estão reunidas condições favoráveis à propagação de incêndios rurais. Assim, é proibida a realização de queimadas em todo o país”, indica o comunicado.

Continua também a não ser permitido realizar fogueiras para recreio, lazer ou para a confeção de alimentos, utilizar equipamentos de queima e de combustão, destinados à iluminação ou à confeção de alimentos, queimar matos cortados e amontoados ou qualquer tipo de sobrantes de exploração, lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes, fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias de atravessamento ou circundantes, fumigar ou desinfestar apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas, recorda-se ainda os cuidados a ter com trabalhos agrícolas e florestais, manter as máquinas e equipamentos limpos de óleos e poeiras, abastecer as máquinas a frio e em local com pouca vegetação, guardar todo o cuidado com as faíscas durante o seu manuseamento, evitando a sua utilização nos períodos de maior calor.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade