GNR - Guarda Nacional Republicana
Braga Destaque

Braga. Foto de almoço na mala de carro da GNR não deu acusação

O comandante-geral da GNR nacional, tenente-general Manuel Mateus Couto, declarou esta quarta-feira como nula a acusação da GNR de Braga contra um militar da Brigada de Trânsito de Braga, por publicar nas redes sociais uma foto onde improvisava, junto com um outro guarda, uma mesa de almoço na mala do carro-patrulha.

O guarda foi suspenso durante dez dias em processo disciplinar e foi movida esta acusação por parte da GNR de Braga, que é agora declarada nula. Na altura da partilha da imagem, era notada a revolta de vários militares devido a alterações de horários de trabalho.

Segundo o comandante-geral, a acusação e todo o processado subsequente é declarado nulo, determinando que “a baixa do processo para que o instrutor deduza nova acusação tendo por referência a matéria de facto e de direito constante no parecer”.

O advogado de defesa dos dois militares indicou que os pressupostos deste processo disciplinar eram “desfasados” em relação a algo que pudesse vir a ser punido como crime.

Print Friendly

Comentários

Tags

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade