38725641061_ea44560c80_o
Destaque Vila Verde

Vila Verde. Município apresenta plataforma para monitorizar idosos

O Município de Vila Verde apresentou, hoje (29 de novembro) a plataforma digital “Idade Maior”, a qual tem por finalidade sinalizar e monitorizar as pessoas idosas mais vulneráveis, que vivem sozinhas e isoladas, sem retaguarda familiar nem redes de vizinhança .

A vereadora da Educação, Cultura e Ação, Dr.ª Júlia Fernandes, presidiu à sessão de apresentação da Plataforma “Idade Maior”, um projeto do Município de Vila Verde que tem como parceiros a GNR, a Proteção Civil Municipal, os Bombeiros Voluntários, o ACES Cávado II Gerês/Cabreira, as IPSS`s e as Juntas de Freguesia.

Segundo a Vereadora «no concelho de Vila Verde estão identificados cerca de 150 idosos que vivem nestas condições de isolamento, sem retaguarda familiar e que são acompanhados pelas instituições parceiras que fazem um extraordinário trabalho de rede. A Plataforma irá permitir optimizar esse trabalho, tornando-o mais eficaz e mais eficiente. O objetivo principal deste projeto é contribuir para a melhoria da qualidade de vida através da promoção do envelhecimento ativo, da solidariedade inter-geracional e institucional.”

A plataforma digital foi desenvolvida pela empresa Coolsis e deverá estar ativa dentro de dois meses e destina-se a acompanhar os idosos que não estão institucionalizados e que apresentam estas características. Vai permitir uma mais eficaz intervenção em rede, feita no terreno pelas várias entidades parceiras. Segundos os responsáveis, pretende-se chegar a estas pessoas que vivem isoladas, de forma articulada, para que cada parceiro que visite o idoso possa sinalizar problemas e lançar alertas, através da plataforma, para a necessidade de haver determinada intervenção por parte de outra entidade, fazendo o seu encaminhamento.

O projeto Idade Maior – Intervenção em Rede

O projeto Idade Maior – Intervenção em Rede surgiu devido às necessidades que diversas instituições sentiram, no âmbito das suas competências, tendo em vista a identificação, acompanhamento e proteção de alguns grupos de risco, como sejam os idosos isolados.

As entidades Guarda Nacional Republicana, ACES Cávado II Gerês/Cabreira, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde e o Município de Vila Verde, através do Serviço de Ação Social e do Serviço Municipal de Proteção Civil, formaram uma parceria, com o objetivo de dar continuidade a um trabalho levado a cabo pela G.N.R., o Censos Seniores, que consistiu no levantamento do número de pessoas idosas isolados existentes no concelho.

Mais do que saber o número de pessoas idosas, os parceiros consideraram importante levar esse trabalho mais além, procurando saber quem são, onde e como vivem e o que precisam.

A obtenção e tratamento destes elementos permitirá delinear uma estratégia comum, através da monitorização e controlo das situações de isolamento, no sentido de melhorar a qualidade de vida e promover o envelhecimento ativo deste grupo geracional, já de si fragilizado.

Os parceiros envolvidos irão, dentro das competências de cada um, criar piquetes de monitorização, que se deslocarão periodicamente a cada um dos munícipes referenciados, procedendo em caso de necessidade, ao encaminhamento das situações anómalas detetadas, para o parceiro adequado para as resolver;

A rapidez de comunicação entre os diversos parceiros envolvidos será garantida pela utilização da Plataforma Online que permite que essa informação seja transmitida instantaneamente entre os parceiros envolvidos no projeto.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade