UMinho1
Braga Região

UMinho. Investigadores recebem 200 mil euros para tratar lesões da medula espinal

Uma equipa do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Universidade do Minho vai receber 200 mil euros para tratar as lesões da medula espinal.

O projeto, liderado por António Salgado e Nuno Silva, foi reconhecido com o Prémio Santa Casa Neurociências – Melo e Castro, atribuído pela Misericórdia de Lisboa.

Este trabalho tem como principal objetivo o tratamento de lesões da medula espinal, que podem resultar em paraplegia e tetraplegia, através da combinação de três terapias diferentes em modelos animais.

“A medula espinal pode ser vista como uma autoestrada que transporta a informação do cérebro para os músculos e vice-versa, interferindo nas capacidades motora e sensorial do ser humano. Quando acontece algum acidente, a informação não consegue circular e a mensagem fica comprometida, podendo resultar na perda de funções motoras e sensoriais”, explica Nuno Silva.

Os investigadores agora premiados propõem-se resolver as consequências destes “acidentes”, começando por promover a proteção dos neurónios que circulam na medula espinal através de medicamentos já usados na prática clínica. A segunda terapia envolve a regeneração do tecido nervoso da medula, recorrendo a biomateriais e células estaminais. Neste caso, os biomateriais funcionam de suporte para as células estaminais, surgindo como uma espécie de “andaime” para a reparação do tecido medular. Por fim, os cientistas pretendem aplicar estimulação epidural com impulsos elétricos para ativar a medula.

A equipa é constituída por vários investigadores do ICVS da Escola de Medicina da UMinho, contando ainda com a colaboração de Pedro Carvalho, da Escola Universitária Vasco da Gama (Coimbra), e Ronaldo Ichiyama, da Universidade de Leeds (Reino Unido).

A cerimónia de entrega de prémios realizou-se no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade