21457638_1807845125913333_702396586484232125_o
Braga

Braga. Investimento de 50 mil euros nos estaleiros municipais

O Município de Braga tem vindo a realizar intervenções nos Estaleiros Municipais, no sentido de dotar o espaço de melhores condições de conforto e segurança, nomeadamente com a instalação de meios contra incêndios. As intervenções, cujo valor ascende a cerca de 50 mil euros, visam sobretudo melhorar o ambiente de trabalho dos colaboradores municipais e a organização do espaço, traduzindo-se numa maior eficiência do serviço prestado.

“Actualmente os Estaleiros Municipais são um espaço completamente diferente. As intervenções aqui realizadas visaram colmatar lacunas anteriormente existentes e que diziam respeito ao conforto dos colaboradores e à eficiência dos serviços”, referiu João Rodrigues, vereador responsável pela gestão dos equipamentos municipais, durante uma visita ao espaço que decorreu esta quarta-feira, 17 de Janeiro.

Além da reorganização dos espaços dos vários sectores, de modo a ficarem todos dotados de saídas de emergência para o exterior, foi criado um espaço social formado por refeitório (com capacidade para 80 lugares sentados), copa e bar. Também a capacidade dos vestiários foi aumentada, tendo agora lotação para servir cerca de 100 colaboradores, estando ainda em curso a remodelação dos balneários das várias seções.

“Estamos a falar de lacunas que tinham um impacto negativo nos colaboradores e que agora estão claramente resolvidas. Tanto as zonas de trabalho como as zonas de fruição comum foram intervencionadas e espaços como os balneários, o bar ou a copa para as refeições, vieram trazer maior conforto e qualidade no quotidiano dos funcionários”, explicou João Rodrigues.

Uma das mudanças nos Estaleiros foi a criação de uma oficina de mobiliário urbano/parques infantis, para fazer face “ao maior volume de trabalho” que o Pelouro da Gestão e Conservação do Espaço Público acarreta. Segundo o Vereador, a criação deste Pelouro “demonstra que o Executivo está muito empenhado nesta questão e olha de forma especial para todo o espaço público, independentemente de este estar localizado em zonas urbanas ou em freguesias limítrofes”.

Estas intervenções comtemplaram também a organização do parque exterior de forma a agrupar materiais de construção e equipamentos e foi criada uma oficina para a DEIPE (Iluminação Pública e Energia), assim como um espaço para depósito de resíduos com separação para reciclagem.

Os Estaleiros Municipais passam também a contar com um armazém para stockagem organizada de materiais e um espaço de apoio administrativo. A reorganização das salas de encarregados e técnicos e a criação de uma sala de reuniões, foram aspectos tidos em conta durante as intervenções, assim como a criação de uma sala de pintura para ser partilhada pela oficina, serralharia e carpintaria. “Com estas intervenções os Estaleiros ganharam maior eficiência e outra organização. O armazenamento do material ganhou outra dimensão e agora é possível saber com toda a certeza qual o material existente, a quantidade e em que condições se encontram”, sublinhou João Rodrigues.

A rede de fibra óptica municipal foi prolongada até ao estaleiro e está em curso o ordenamento do estacionamento automóvel no logradouro exterior. Além destas intervenções, está a ser feita a remodelação integral da cobertura dos Estaleiros, com remoção das chapas de fibrocimento, sendo que esta intervenção é realizada e custeada pelo proprietário do edifício.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade