CMB23012018SERGIOFREITAS00000010795
Braga

Urbanismo. “Nós propomos” desafia alunos bracarenses a pensar o território

Pelo quinto ano consecutivo, o Município de Braga desafia os alunos a contribuir para o futuro da cidade bracarense. À luz do projeto ‘Nós Propomos’, cerca de 150 estudantes do 11.º ano da Escola Secundária Sá de Miranda, vão desenvolver projectos que visam promover uma cidadania participativa, através de metodologias inovadoras no âmbito do ordenamento de território.

Para Miguel Bandeira, vereador do Urbanismo do Município de Braga, este projecto contribui para estimular a interacção entre os decisores políticos, os técnicos e os cidadãos mais jovens. “Queremos um futuro cada vez mais participado através da manifestação da opinião dos jovens sobre as opções mais importantes para o nosso território”, referiu Miguel Bandeira, durante a apresentação do projecto, que decorreu hoje, 23 de Janeiro, na Escola Sá de Miranda.

Cidadania, Sustentabilidade e Inovação na Educação Geográfica, são o ponto de partida para que, em grupo, os alunos identifiquem problemas que lhes são frequentes na sua vida quotidiana. Em seguida, alunos e professores reúnem-se com técnicos do Município que lhes transmitem as principais orientações e preocupações do Plano Director Municipal, também abordado no 11.º ano, ajudando-os a enquadrar o problema que estão a estudar.

Desde 2013, este projecto já envolveu cerca de 630 jovens Bracarenses. Um dado realçado por Lídia Dias, vereadora da Educação do Município de Braga, que destacou a capacidade desta iniciativa em envolver alunos e instituições em prol do desenvolvimento do território. “Este é um projecto desafiante que consegue implementar diferentes dinâmicas na comunidade escolar para construir uma Cidade cada vez melhor”, referiu, salientando a tradição que a Sá de Miranda possui em termos de intervenção pública.

Recorde-se que o projecto ‘Nós Propomos! Cidadania, Sustentabilidade e Inovação na Educação Geográfica’ é promovido pelo Instituto de Geografia e Ordenamento de Território da Universidade de Lisboa/IGOT e pela ESRI Portugal, com o apoio da Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica/Ciência Viva.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade